domingo, março 04, 2007

Viagens



Entre Albufeira e a Covilhã são quase 500 km de distância, perto de 5 horas dentro de um carro; uma viagem que, por vezes, parece interminável e que, pelo contrário, noutras ocasiões permite ainda descobrir novos e inesperados pontos de interesse em paisagens que julgava não terem mais novidades...

É por isso natural que se vão criando cumplicidades de vária ordem, nomeadamente com as árvores que compõem as paisagens percorridas; e, ao fim de três anos de viagens, é natural que já tenha as minhas árvores preferidas...

O sobreiro (Quercus suber L.) da imagem é uma delas; está localizado junto à saída da A2 para Castro Verde (IP2), sendo visível a partir da auto-estrada apenas no sentido sul-norte da mesma.
Nos últimos anos parecia estar a definhar, mas as abundantes chuvas deste último ano parecem ter-lhe injectado uma nova vida.

Trata-se de um sobreiro notável em altura e nas dimensões da copa, (um dos melhores exemplares que conheço), ainda que a distância a que a fotografia foi tirada não permita ter a percepção real da sua grandeza.

2 comentários:

Crix disse...

Eu chamo-lhes referências, que pontuam os nossos caminhos e as nossas vidas.
E porque será que insistem em dar cabo dessas boas referências e massacram-nos com as más.
Mas este sobreiro está no seu máximo. Sabe bem vê-lo

Pedro n. t. santos disse...

:)