quinta-feira, março 20, 2008

Em vésperas do Dia da Árvore não faltam as boas intenções...

- Segundo a edição desta semana do Notícias da Covilhã, a junta de freguesia do Teixoso (Covilhã) irá proceder amanhã, com a ajuda de várias crianças, à plantação de vários teixos na vila e em anexas da freguesia.

- A câmara de Faro está a promover a plantação de 170 árvores em escolas do concelho (as quais esperemos que não venham a ter um final anunciado).

- Notícia via Ondas 3: bom exemplo de uma câmara municipal (a de Aljezur), apostada no combate contra as invasoras em nome da preservação da biodiversidade local.

- Marcha contra o abate de 200 pinheiros com mais de dois séculos de existência, na Mata do Medos (Charneca da Caparica, Almada).
Ainda por Almada, a autarquia local procedeu na ecoteca local à oferta de árvores e arbustos, nos passados dias 17, 18 e 19 de Março. (Boas intenções, sem dúvida, mas o que é que a câmara de Almada tem a dizer acerca do previsível abate daqueles 200 pinheiros?)

- A Quercus pretender recolher cerca de 30% das rolhas comercializadas em Portugal e utilizar os fundos provenientes da respectiva reciclagem na plantação de árvores.

- Curiosidade n.º 1: "Por uma comparação errada com as práticas agrícolas é frequente pensar-se que as árvores precisam de ser podadas, de preferência com cortes drásticos e profundos, à semelhança das árvores de fruto. Esta convicção leva os proprietários e o público em geral a "exigir" sacrifícios das copas das árvores, que pelo contrário devem ser evitados, pois tecnicamente não são recomendados." De onde retirei este texto? Acreditem ou não, ele está disponível na página de uma câmara municipal deste país, a de Cascais.
Esta é a "teoria". Não conheço Cascais, mas adoraria comprovar no terreno se a "prática" camarária respeita esta "teoria" tão respeitadora da árvore no espaço urbano.


- Curiosidade n.º 2: no Brasil, no município de Londrina, a Secretaria Municipal do Ambiente pretende multar os comerciantes que não plantarem árvores em frente aos respectivos estabelecimentos comerciais. Em Portugal poderia ser dado um milhão de euros ao primeiro comerciante que não manifestasse o desejo de ver podadas as árvores existentes diante da sua loja! Creio que o dinheiro ficaria por entregar....

4 comentários:

Nelson Lima disse...

Caro Pedro,
Peço desculpa pelo reparo, mas não concordo com o texto da câmara de Cascais. Nem as árvores de fruto gostam de podas drásticas, mais, este tipo de podas "drásticas" pode trazer graves problemas às árvores, nomeadamente, aparecimento de cancros.

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Nelson,

Não sei se o texto da CM de Cascais faz a defesa da "poda drástica" das "árvores de fruto". Poderá ser uma questão de interpretação do referido texto.

O que me parece mais importante neste texto (e foi por isso que o publiquei) é o facto de ver uma câmara municipal criticar a forma como as árvores ornamentais são vulgarmente podadas nas nossas cidades (ainda que a referência que eles fazem à poda drástica das árvores de fruto possa não ser a mais feliz!)

E, mais importante ainda, como sublinho, seria verificar o modo como eles próprios, em Cascais, fazem a poda das árvores.

Abraço

em disse...

Caro Pedro Santos,
nem queira conhecer cascais! no momento em q escrevo, aqui em s joão do estoril, no dito concelho, oiço a motosserra camarária na rua das traseiras. se for à janela, vejo as míseras-quase-inexistentes copas do plátano e do lódão podados nos últimos dias (cuja interferência com qqr estruturas é rigorosamente nula). a câmara de cascais tem, isso sim, uma excelente máquina de comunicação e imagem...
muitos parabéns pelo seu magnífico blogue!
emília margarida marques

emilia margarida marques disse...

ro Santos,
nem queira conhecer cascais! no momento em q escrevo, aqui em s joão do estoril, no dito concelho, oiço a motosserra camarária na rua das traseiras. se for à janela, vejo as míseras-quase-inexistentes copas do plátano e do lódão podados nos últimos dias (cuja interferência com qqr estruturas é rigorosamente nula). a câmara de cascais tem, isso sim, uma excelente máquina de comunicação e imagem...
muitos parabéns pelo seu magnífico blogue!
emília margarida marques