quinta-feira, janeiro 31, 2008

Retratos do Portugal que odeia as árvores

Orjais (Covilhã)


Felgueiras



Felgueiras

Fotografias dos leitores e amigos: Albano Matos (primeira foto) e Nelson Lima (segunda e terceira fotos). Obrigado a ambos pela partilha das imagens.


2 comentários:

mesquita disse...

Venho por este meio solicitar informação sobre a poda de Platanus e sobre o respectivo impacto biologico na propria arvore , pois recentemente onde moro deparei me com algumas podas de platanos que mutilizaram de tal forma a arvore com cortes de mais de 30 com de diametro sem colocar cicatrizante ,ao que eu indignado perguntei ao responsavel pela gestão do Aldeamento onde moro, quem podou ou mandou podar a arvore de tal forma ao que me respondeu "eu sou o presidente faço o que quero".Se arvore morrer onde se enquadra esta situação a nivel da legislaçao.

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Caro Mesquita,

Infelizmente, apenas as árvores classificadas de interesse público pela Autoridade Florestal Nacional, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 28468/38, de 15 de Fevereiro, estão protegidas por lei.
Para espécies muito específicas, como o sobreiro e a azinheira, existe ainda a protecção conferida pelo Decreto-Lei 155/2004, de 30 de Junho.

Em princípio, as restantes árvores estão desprotegidas pelas leis da República. No entanto, caso as árvores se situem em espaço público e, consoante o caso, a intervenção nas mesmas (ainda que desadequada), apenas poderá ser feita por serviços autárquicos ou por empresas ao serviço das autarquias.

Resta-lhe, o que não é pouco, o direito à indignação, através da forma escrita, para a respectiva Junta de Freguesia, Câmara Municipal e órgãos de comunicação social de âmbito local e regional.
Dispõe ainda da possibilidade de relatar o caso aos serviços do SEPNA (divisão de protecção do meio ambiente da GNR), através do Linha SOS Ambiente e Território: 808 200 520.

Infelizmente, este é o país que temos e a verdade é que crimes destes ainda não estão contemplados na lei, excepto nos casos referidos das árvores classificadas de interesse público e dos sobreiros e das azinheiras.

Obrigado pelo seu contacto. Pode sempre optar por nos enviar mais dados e fotos para:
arvoresdeportugal(arroba)gmail.com

Cumprimentos.