quinta-feira, outubro 25, 2007

Mais casos exemplares...

...mas da falta de respeito dos portugueses em relação às árvores:

1ª) A primeira situação refere-se a um sobreiro situado no concelho de Paredes (freguesia de Recarei), conhecido como o Sobreiro Secular do Calvário.
Este sobreiro, classificado como árvore de interesse público desde Janeiro de 1967, tem sido alvo de vários atentados. O que prova (se é que ainda é necessário provar algo a este propósito!....) o pouco respeito que os portugueses têm, inclusivamente, por árvores que estão protegidas por lei.

Uma história para descobrir no blogue Sobreiro Secular do Calvário.

2ª) A segunda é uma história de arrepiar, daquelas que mereciam a bolinha vermelha no canto superior direito.
Quando pensava que já tinha visto tudo sobre podas camarárias, eis que a Câmara Municipal de Faro consegue cometer a seguinte proeza: decepar árvores para montar as tendas de uma feira que dura 10 dias!...Sim, estes supostos responsáveis pela preservação do património público, destruíram esse mesmo património que levou uns anos a crescer para montar estruturas temporárias!

Um escândalo? Não, é normal...estamos em Portugal!

Para ver a notícia no Barlavento Online (Obrigado, Manel...) e neste PowerPoint que o leitor Mauro Rodrigues me enviou. Não deixem de ver...escandaloso mesmo para o que é habitual no nosso país!

2 comentários:

Paulo disse...

Esta história de Faro seria um grande disparate se não fosse um crime.

membio disse...

sinceramente quando se pensa que já se viu tudo... obrigado pela menção!