quarta-feira, outubro 31, 2007

De Espanha nem bom vento...nem boa poda!

Oviedo (Espanha)

Para que não se pense que a "poda camarária" é um exclusivo nacional...

Esta situação em concreto, que fotografei no Verão passado em Oviedo, ilustra na perfeição uma situação de total inadequação na escolha da espécie e do número de exemplares plantados.

Numa praça com estas características, a opção deveria ter recaído por árvores de pequeno porte e nunca por plátanos; não satisfeitos com esta opção quanto à espécie, decidiram ainda plantar vários exemplares e com pouco espaçamento entre si. O resultado é o que se vê nas imagens...Um conjunto de árvores raquíticas que nada acrescenta ao espaço urbano, nem contribui para o conforto dos transeuntes.

Oviedo (Espanha)

3 comentários:

isabel santos disse...

Olá Pedro!
De facto, os maus exemplos não são exclusivos do nosso país. Infelizmente, esta é uma batalha que tem de ser travada um pouco por todo o mundo.
Tenho um presente para ti no meu blog.
Bom feriado

J. Galego disse...

Pedro, ainda há dias vi em Arronches um exemplo destes. Uma casuarina e uma grevília, numa pequena praça, completamente deformadas. As copas, normalmente cónicas, mais pareciam um espanador.
Bom resto de feriado.

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Bom feriado!