quinta-feira, dezembro 20, 2007

A tramazeira e o b(r)anco

Penhas da Saúde (Covilhã - Serra da Estrela), 2007-12-20


O general Inverno chegou à Estrela, pintando-a de branco; o vermelho do fruto das tramazeiras (Sorbus aucuparia L.) marca o contraste com a uniformidade do branco envolvente.

Penhas da Saúde (Covilhã - Serra da Estrela), 2007-12-20

P.S. - Por momentos, apetece-me imaginar esta paz como sendo eterna e não adivinhar os dias de enchente que se aproximam, com as toneladas de resíduos que serão (como sempre) abandonadas por aqueles que, com a mesma facilidade, fazem centenas de quilómetros para ver a neve e não hesitam am abandonar todo o tipo de lixo à sua passagem.

6 comentários:

TPais disse...

Olá Pedro, ir à Serra nestes dias durante a semana ou fora de dias festivos é um previlégio que poucos tem!!Realmente transmite uma calma abundante....é a acalmia antes da tempestade!!
Gostei da troca de visual a condizer com o "general Inverno"!!
Boas Festas

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Olá Tiago,

Ir à serra nestes dias é mesmo algo de único...somos só nós e ela (antes da invasão)...

Ainda bem que gostaste das alterações...

Obrigado pelos votos de Boas Festas e um Feliz Natal também para ti,

Um abraço

lucia disse...

Que bela foto ou que bela serra!
um feliz Natal!

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Olá Lucia,

A Serra da Estrela é mesmo muito bonita, sobretudo logo após um grande nevão e antes da invasão de turistas que se lhe segue.

Obrigado pelos votos de Feliz Natal, que eu retribuo, aproveitando também para desejar um Ano Novo recheado de sucessos.

Lucia disse...

Pedro
Não imaginava mesmo que Portugal tivesse um grande nevão destes. Quanto aos turistas quando 'fica tudo dominado' e se trata de invasão, não cai mesmo bem em lugar nenhum.

Obrigada pelos votos, e retribuo.

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Lucia,

A queda de neve em Portugal ainda vai sendo frequente acima dos 1300/1400 metros de altitude (este local, as Penhas da Saúde, ficam sensivelmente a 1450 m). Entre os 1000m e os 1300m é menos frequente e as nevadas são pouco duradouras.
E, actualmente, abaixo dos 1000 m a queda de neve tornou-se rara. (Isto a Norte do rio Tejo, a Sul a queda de neve foi sempre um fenómeno raro ou pouco frequente).

Na minha cidade, a Covilhã, que se situa a uma altitude média que ronda os 600 a 700 m, a queda de grandes nevões já foi relativamente frequente mas a partir dos finais da década de 80 esse fenómeno foi rareando (se tal é uma consequência do dito "aquecimento global" ou apenas uma variação natural do clima, só o tempo o dirá...no entanto, é inegável que a queda de neve em Portugal se tornou muito menos frequente nas duas últimas décadas).

A Serra da Estrela não é a única a ter neve mas o facto de existir uma estrada que leva directamente os turistas ao seu ponto mais alto (1993 m), onde a neve se conserva em certos anos até meados da Primavera, facilita essa "invasão"; o que também é facilitado devido às novas auto-estradas que a "aproximaram" das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

Um abraço e bom ano.