quarta-feira, fevereiro 18, 2009

Sobre o escandaloso abate de sobreiros em Setúbal


Sobre o escandaloso abate de sobreiros em Setúbal, situação sobre a qual já me tinha pronunciado em Agosto passado, gostava de convidar os leitores da "Sombra Verde" a visitar o blogue "Ambio" e acompanhar a troca de opiniões sobre esta matéria.

7 comentários:

Anónimo disse...

Não sei se chore, não sei emigre, sei que me sinto impotente!

Tristes práticas ambientais, triste Nação.

João Martins

´pulga da areia´ disse...

Viva!

Remeto para um post do meu blog:

http://olivrodaareia.blogspot.com/2009/02/sobreiros.html

Isto é uma patifaria! Não sei porquê, há entre os portugueses uma sanha destruidora contra as árvores. Porque destroem canalizaçõea. Porque amachucam o tejadilho dos carros. Porque fazem sombra. Porque facilitam assaltos. Ouço conversas destas, fico estarrecido. ´Na minha rua anda em curso um genocídio de choupos, árvore nobre e bela, para serem substituídos ( mais tarde!) por arbustos anémicos, tipo tamarindo. De serrote na mão, arrasam toda a centenária verdura em minutos. Barbaridade.

(ver também :
http://euterpefyllos.blogspot.com/ - comentários)

pedro vicente disse...

Lamentavel...e assim se perde o nosso património natural,como também se "destroi" o futuro económico deste país.Sinceramente,o sobreiro devia ainda ser mais protegido do que é realmente,visto que hoje em dia,o ambiente nao é avaliado pelo dever moral da sua protecçao,mas somente pelo sua prestaçao patrimonial(susceptibilidade de ser avaliado em dinheiro),e uma vez que a cortiça é o nosso principal bem que origina receitas positivas,nao se entende esta continua destruiçao a que assistimos....Nem muito mais,ao porquêde nao haver um investimento com perspectivas a longo prazo de repovoar as nossas serras com esta arvore ( falo com conhecimento pessoal,de uma serra do caldeirao,em erosao e cujo os sobreiros existentes se limitam a existir...sem haver reflorestamentos....ao que minto,pois se os há é com pinheiro manso e as pragas de acácias)....
Mundo de betão.....

Pedro Vicente

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Este caso de Setúbal é, mesmo por comparação com outros similares, de bradar aos céus:

1º) Pela utilização da figura de "utilidade pública" para justificar uma urbanização para 30 000 habitantes (!!) e um novo centro comercial; negócio que patrocinará, adicionalmente, a construção de mais um estádio de futebol!

2º)Tendo em conta os últimos desenvolvimentos, é ainda de lamentar a actuação da Autoridade Florestal Nacional que permitiu o avançar das obras, com o consequente abate de centenas de sobreiros, quando estava iminente uma decisão judicial em sentido contrário.

pedro vicente disse...

É pelo motivo de estar a decorrer um processo e a decisao eminente,que a autoridade nacional actua desta maneira....ao nao haver bem a proteger,no maximo o Estado pagará o prejuízo anedótico,podendo avançar com o projecto em causa....tristezas...

Já agora caro Pedro,volto a referir o mesmo assunto,a campanha nacional da quercus com intuito de reciclar as rolhas usadas e o uso de sobreiros como ornamento nos centros comerciais que acabam por morrer....desta vez é no picoas plaza,em que a pobre arvore secou na totalidade e sem uma unica gota de água... abraço
pedro vicente

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Caro Pedro,

Se me conseguisse arranjar uma fotografia dessa situação, poderia contar comigo para a denunciar!

pedro vicente disse...

Vou assim que me for possivel tirar as respectivas fotografias.abraço