quarta-feira, dezembro 24, 2008

Cada um de nós deveria ter a(s) sua(s) árvore(s) de Natal

Alameda de ulmeiros (Ulmus minor Miller)* - Guarda

* Espécie referida em certa literatura como Ulmus procera Salisb.


Começo por pedir desculpa mas, por diversos motivos, não me tem sido possível manter uma actualização mais regular do blogue.
Conto, a seguir a esta época festiva, actualizar a "sombra verde" mais regularmente. No entanto, confesso que me será difícil manter, de futuro, uma actualização diária do mesmo, esperando conseguir estabilizar nos 3 a 4 textos por semana.

Este facto, não se deve a nenhum cansaço da "blogosfera" mas apenas a uma gestão pessoal do meu tempo, uma vez que uma actualização diária impõe uma dependência face ao blogue, o que neste momento se revela incompatível com a minha vida pessoal e profissional.

Por outro lado, o novo ano verá nascer novos e aliciantes projectos relacionados com as árvores, nos quais estou envolvido. Peço a vossa compreensão para que aguardem mais umas semanas até poder revelar mais pormenores sobre estes projectos.
Este é também o motivo pelo qual ainda não publiquei as imagens de algumas árvores fabulosas que, juntamente com o Miguel Rodrigues, fotografei no Verão passado.


Termino com os votos de Boas-festas para todos os que seguem as minhas aventuras na "sombra verde".

Apesar de sabermos que se avizinha uma época difícil para as árvores ornamentais, com as tradicionais "podas camarárias" que, todos os anos, mutilam centenas de exemplares por todo o país, tenhamos a esperança num futuro mais respeitador do papel das árvores nas cidades. Entre outros, este é também um dos meus desejos de Natal...


P.S. - A escolha da fotografia que acompanha este texto não foi feita ao acaso. Representa os ulmeiros que associo aos natais da minha infância. Espero, sinceramente, que todos possam ter este tipo de recordações de uma ou mais árvores da sua infância...Feliz Natal!


Sem comentários: